Zyprexa comprimidos

publicidade

Indicação

Para que serve?

O Zyprexa é indicado para o tratamento agudo e de manutenção da esquizofrenia e outros transtornos mentais em adultos, nos quais sintomas positivos e sintomas negativos são proeminentes.

Além disso, este medicamento alivia também os sintomas afetivos secundários na esquizofrenia e os transtornos relacionados e é eficaz na manutenção da melhora clínica durante o tratamento contínuo em adultos que responderam ao tratamento inicial.

Em monoterapia ou em combinação com lítio ou valproato, é indicado para o tratamento de episódios de mania aguda ou mistos de transtorno bipolar em pacientes adultos, com ou sem sintomas psicóticos e, com ou sem ciclagem rápida.

Posologia

Como usar?

A posologia indicada depende da patologia a tratar.

Esquizofrenia e transtornos relacionados:

A dose inicial recomendada é de 10 mg, administrada uma vez ao dia, independentemente das refeições, que deve ser ajustada de acordo com a evolução clínica, dentro da faixa de 5 a 20 mg, que só é recomendado após avaliação médica.

Mania aguda associada ao transtorno bipolar:

A dose inicial recomendada é de 15 mg, administrada uma vez ao dia em monoterapia, ou de 10 mg administrada uma vez ao dia em combinação com lítio ou valproato, independentemente das refeições, que deve ser ajustada de acordo com a evolução clínica e orientação do médico, dentro da faixa de 5 a 20 mg.

Prevenção de recorrência do transtorno bipolar:

Pessoas que já estavam recebendo Zyprexa para tratamento de episódio maníaco devem inicialmente continuar o tratamento com a mesma dose. A dose inicial recomendada é de 10 mg/dia para pessoass que já estão em remissão, que pode ser ajustada com base na condição clínica individual, dentro da variação de 5 a 20 mg/dia.

Em idosos e pessoas com insuficiência hepática deve haver um ajuste de dose.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso deste medicamento são ganho de peso, diminuição da pressão arterial ao se levantar, sonolência, aumento da prolactina, aumento das taxas de colesterol total, triglicérides e glicose no sangue quando dosados em jejum.

Além disso, embora seja mais raro, pode também ocorrer fraqueza, febre, cansaço, prisão de ventre, boca seca, aumento do apetite, inchaço, dor nas articulações, inquietação motora, tontura, elevação das enzimas do fígado, aumento da fosfatase alcalina, presença de glicose na urina, aumento da gamaglutamiltransferase, aumento do ácido úrico, diminuição de células brancas do sangue, eosinofilia e aumento das taxas de colesterol total, triglicérides e glicose no sangue quando dosados em jejum, sensibilidade à luz, diminuição dos batimentos cardíacos, distensão abdominal, perda de memória, síndrome das pernas inquietas e sangramento pelo nariz.

Em idosos com psicose associada à demência pode ainda ocorrer incontinênca urinária, pneumonia, marcha anormal e quedas.

Contraindicações

Quando não devo usar?

O Zyprexa não deve ser usado por pessoas alérgicas à olanzapina ou a qualquer um dos componentes da formulação do medicamento.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Se ocorrer síndrome neuroléptica maligna ou reação ao medicamento com eosinofilia e sintomas sistêmicos, o tratamento deve ser descontinuado.

Este medicamento deve ser usado com precaução em pessoas com histórico de convulsão, intolerância à lactose, aumento da próstata, íleo paralítico, glaucoma de ângulo estreito, alterações na contagem de células sanguíneas, história de depressão ou toxicidade da medula óssea induzida por drogas, depressão da medula óssea causada por doença concomitante, radioterapia ou quimioterapia, enzimas do fígado elevadas, com sinais e sintomas de insuficiência hepática ou outras doenças que atinjam o fígado ou que estejam em tratamento com medicamentos que são tóxicos ao fígado.

Este medicamento não deve ser usado por mulheres grávidas ou amamentando sem orientação médica.

O Zyprexa pode causar sonolência e por isso devem ter cuidado ao operarem máquinas, incluindo automóveis, enquanto estiverem em tratamento.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Os sintomas mais comumente relatados em caso de superdosagem com olanzapina incluem aumento dos batimentos cardíacos, agitação, agressividade, alteração na articulação das palavras, sintomas extrapiramidais e redução do nível de consciência, variando da sedação ao coma.

Outras ocorrências significantes do ponto de vista médico incluem confusão mental, convulsão, possível síndrome neuroléptica maligna, depressão respiratória, aspiração, hipertensão ou hipotensão, arritmias cardíacas e parada cardiorrespiratória.

Composição

Cada comprimido e Zyprexa 2,5 mg contém:

Olanzapina__________________________________2,5 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: lactose, mistura de cor branca (dióxido de titânio, polietilenoglicol e polissorbato 80), crospovidona, azul FD&C n° 2, hidroxipropilcelulose, hidroxipropilmetilcelulose, estearato de magnésio e celulose microcristalina).

Cada comprimido e Zyprexa 5 mg contém:

Olanzapina____________________________________5 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: lactose, mistura de cor branca (dióxido de titânio, polietilenoglicol e polissorbato 80), crospovidona, azul FD&C n° 2, hidroxipropilcelulose, hidroxipropilmetilcelulose, estearato de magnésio e celulose microcristalina).

Cada comprimido e Zyprexa 10 mg contém:

Olanzapina___________________________________10 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: lactose, mistura de cor branca (dióxido de titânio, polietilenoglicol e polissorbato 80), crospovidona, azul FD&C n° 2, hidroxipropilcelulose, hidroxipropilmetilcelulose, estearato de magnésio e celulose microcristalina).

Laboratório

Eli Lilly do Brasil Ltda.

SAC: 0800 723 6666

Dizeres legais:

REGISTRO MS – 1.1260.0021 | Farm. Resp.: Márcia A. Preda – CRF-SP nº 19189

< Zymar colírio < Zyprexa comprimidos > Zyrtec >
publicidade