Zanidip

publicidade

Indicação

Para que serve?

O Zanidip é um remédio destinado ao tratamento da hipertensão arterial leve a moderada, também conhecida como pressão alta.

Posologia

Como usar?

O Zanidip deve ser tomado de acordo com as instruções fornecidas pelo médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Usualmente, a dose diária é de um comprimido revestido de 10 mg, que deve ser administrado sempre no mesmo horário, preferencialmente pela manhã pelo menos 15 minutos antes do café da manhã. Quando necessário, o médico deverá solicitar um aumento da dose diária para 20 mg, sendo esta a dose máxima.

Em pessoas com mais do que 65 anos, recomenda-se iniciar o tratamento com 10 mg e aguardar pelo menos quatro semanas para ajustar da dose.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com este remédio são dor de cabeça, vertigem, inchaço das pernas ou tornozelos, palpitações, vermelhidão no rosto e no pescoço e dor no peito.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este remédio não deve ser usado em pessoas alergicas ao lercanidipino ou a qualquer ingrediente da formulação, ou que tiveram reações alérgicas a remédios como anlodipino, nicardipino, felodipino, isradipino, nifedipino ou lacidipino.

Além disso, também não deve ser usado em grávidas ou lactantes, pessoas com doença do coração, de fígado ou rins, que estejam a tomar medicamentos inibidores da isoenzima CYP3A4 ou que sejam intolerantes à lactose, tenham galactosemia ou síndrome de má absorção de glicose/galactose.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Pessoas com disfunção do ventrículo esquerdo requerem atenção especial.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O Zanidip tem na sua composição lercanidipino e seu mecanismo de ação anti-hipertensora é devido a um efeito relaxante direto sobre o músculo liso vascular, diminuindo deste modo a resistência periférica total.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

A dose excessiva pode fazer com que a pressão sanguínea torne-se muito baixa, e o coração comece a bater irregularmente ou rapidamente. Isto pode levar também a um estado de inconsciência.

Nestes casos deve-se ir imediatamente ao médico.

Composição

Cada comprimido revestido de 10 mg contém:

Cloridrato de lercanidipino_______________________10 mg

(correspondente a 9,4 mg de lercanidipino)

Excipientes q.s.p. _______________________1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, talco, dióxido de titânio, macrogol, óxido de ferro amarelo).

Cada comprimido revestido de 20 mg contém:

Cloridrato de lercanidipino_______________________20 mg

(correspondente a 18,8 mg de lercanidipino)

Excipientes q.s.p. _______________________1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, talco, dióxido de titânio, macrogol, óxido de ferro vermelho).

Laboratório

Medley

- SAC: 0800 7298000.

Dizeres legais:

Farm. Resp.: Dra. Conceição Regina Olmos | CRF-SP nº 10.772 | MS - 1.0181.0454

< Yaz flex < Zanidip > Zart 50 mg >
publicidade