Vincristina

publicidade

Indicação

Para que serve?

A Vincristina é usada em combinação com outros agentes antineoplásicos no tratamento de leucemia aguda, doença de hodgkin, linfomas malignos não hodgkin, rabdomiossarcoma, neuroblastoma, tumor de wilms, sarcoma osteogênico, micose fungóide, sarcoma de ewing, carcinoma do cervix uterino, câncer de mama, melanoma maligno, carcinoma de pulmão de pequenas células e tumores ginecológicos da infância.

Posologia

Como usar?

A Vincristina deve ser manuseada por um profissional de saúde, em local apropriado.

As doses usuais de sulfato de vincristina são:

Adultos

0,01 a 0,03 mg por kg de peso corporal, como dose única, a cada 7 dias, não excedendo a dose máxima de 2 mg por dia.

Crianças

0,05 mg por kg de peso corporal, como dose única, a cada 7 dias.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns são alopecia, perda de sensibilidade e formigamento, dor generalizada e dificuldade motora.

Também podem ocorrer cólicas abdominais, prisão de ventre, dor abdominal, íleo paralitico, vômitos, diarreia, retenção urinária aumentada, aumento ou diminuição do volume da urina, perda de peso, febre, manifestações de nervos cranianos, aftas dor de cabeça, perda de sensibilidade, dificuldade em andar, perda dos reflexos tendinosos profundos e de massa muscular.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este remédio é contraindicado em pessoas com alergia ao sulfato de vincristina, grávidas, mulheres a amamentar ou pessoas com atrofia fibular muscular.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

A Vincristina liga-se à proteína dos microtúbulos celulares, promovendo a sua ruptura e causando bloqueio da divisão celular durante a metáfase, inibindo assim a multiplicação das células.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

O sulfato de vincristina deve ser administrado exclusivamente por via intravenosa por um profissional experiente.

O contato de sulfato de vincristina com os olhos pode causar irritação grave e úlceras na córnea, por isso deve-se lavar o olho atingido imediatamente com água.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

A superdosagem com vincristina pode levar à exacerbação dos efeitos secundários.

Além disso, pode provocar enjoo, vômitos, febre, delírio, inconsciência, convulsões, diminuição do funcionamento da medula óssea, diminuição de sódio e potássio, problemas no sistema nervoso central e periférico, delírio, alucinações, convulções, coma e morte.

Composição

Cada ml de sulfato de vincristina contém:

Sulfato de vincristina______________________________1 mg Excipientes_________________________________ q.s.p. 1 ml

(Excipientes: manitol, nipagim, nipazol e agua para injecao).

Laboratório

Rhodia Farma Ltda.

SAC: 0800-112300

Dizeres legais:

MS - 1.5537.0018 | Farm. Resp.: Dr. Ricardo Luiz Gonçalves Medina – CRF-SP nº 74.264

< Vimovo < Vincristina > Vioxx >
publicidade