Vimovo

Esomeprazol

publicidade

Indicação

Para que serve?

O Vimovo é indicado para o alívio dos sintomas no tratamento da artrite reumatoide, osteoartrite e espondilite anquilosante em pacientes com risco de desenvolver úlceras no estômago ou no duodeno, associadas ao uso de anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs).

Posologia

Como usar?

A dose recomendada de Vimovo é de um comprimido de 500 mg/20 mg, duas vezes ao dia, cerca de 30 minutos antes das refeições.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com Vimovo são dor de cabeça, dor abdominal, diarreia, excesso de gases intestinais, náusea, vômito, prisão de ventre, palpitações, tontura, sonolência, sensação de cabeça vazia, vertigem, distúrbios visuais, zumbido, distúrbios de audição, dificuldade respiratória, indigestão, dor abdominal, diarreia, azia, úlceras pépticas, aftas, coceira no corpo, equimose, descoloração vermelha ou arroxeada na pele, erupção na pele, diverticulite, cansaço, inchaço, transpiração, sede, depressão e insônia

Contraindicações

Quando não devo usar?

O VIimovo não deve ser utilizado em pessoas com alergia ao naproxeno, ao esomeprazol, a benzimidazóis ou a qualquer outro componente da fórmula, se a pessoa tiver histórico de asma, urticária ou reações tipo alérgicas induzidas pela administração de ácido acetilsalicílico ou outros AINEs, se pretende engravidar ou se estiver no terceiro trimestre de gravidez.

Este medicamento é contra-indicado para uso por pacientes com insuficiência grave do fígado

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

O médico deve ser informado acerca de qualquer medicamento que a pessoa esteja a tomar ou de qualquer doença que a pessoa tenha.

Se ocorrer sangramento ou ulceração gastrintestinal durante o uso de Vimovo, o tratamento deve ser descontinuado.

Este medicamento deve ser usado com cautela em pessoas com distúrbios de coagulação.

Alguns efeitos adversos, tais como tontura, podem reduzir a capacidade de reação do paciente ao dirigir veículos ou operar máquinas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou lactantes, sem orientação médica.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O Vimovo é composto por duas substâncias ativas, o naproxeno e o esomeprazol, que são liberados no organismo um depois do outro, sendo o esomeprazol liberado no estômago para redução da quantidade de ácido que o estômago produz, e o naproxeno, por ser revestido por uma camada resistente ao ambiente ácido do estômago, é liberado no intestino delgado, reduzindo assim possíveis danos ao estômago por sua ação.

O naproxeno tem propriedades analgésicas e antipiréticas.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdosagem, deve-se ir imediatamente ao médico.

Composição

Cada comprimido revestido de Vimovo contém:

Naproxeno de liberação retardada__________________500 mg

Esomeprazol magnésico tri-hidratado*______________22,3 mg

*(equivale a esomeprazol 20 mg).

Excipientes__________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: croscarmelose sódica, povidona, sílica coloidal anidra, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol, citrato de trietila, polissorbato, monoestearato de glicerila, metilparabeno, propilparabeno, copolímero de ácido metacrílico – acrilato de etila (1:1), dióxido de titânio, polidextrose, óxido férrico amarelo, cera de carnaúba e tinta farmacêutica preta para impressão).

Laboratório

AstraZeneca do Brasil Ltda.

SAC: 0800-014 55 78

Dizeres legais:

MS - 1.1618.0240 | Farm. Resp.: Dra. Gisele H. V. C. Teixeira - CRF-SP nº 19.825

< Vigamox < Vimovo > Vincristina >
publicidade