Tarceva

publicidade

Indicação

Para que serve?

Tarceva é indicado para o tratamento do câncer do pulmão do tipo não pequenas células, em estado avançado ou que já se espalhou para outros órgãos do corpo, em adultos.

Além disso, Tarceva em combinação com Gencitabina também é indicado para o tratamento do câncer no pâncreas, em estado avançado, não operável ou que já se espalhou para outros órgãos do corpo.

Posologia

Como usar?

Tratamento do câncer do pulmão

  • Geralmente, a dose recomendada é de 1 comprimido de 150 mg, 1 hora antes ou 2 horas depois de comer.

Tratamento do câncer do pâncreas

  • Geralmente, a dose recomendada é de 1 comprimido de 100 mg, administrado 1 hora antes ou 2 horas depois de comer, em combinação com Gencitabina.

A dose recomendada e a duração do tratamento com Tarceva devem ser indicadas pelo seu médico, pois estas dependem do tipo de câncer a tratar e da resposta de cada paciente ao tratamento.

Os comprimidos de Tarceva devem ser engolidos inteiros, juntamente com um copo de água, sem partir ou mastigar.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Tarceva podem incluir urticária na pele, diarreia, cansaço extremo, infecções, anorexia, conjuntivite, má digestão, tosse, náusea, vômito, inflamação no estômago, dor abdominal, pele seca, perda de peso, depressão, dor de cabeça, gases, perda de cabelo e pelos ou febre.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Tarceva está contraindicado para pacientes com alergia ao Erlotinibe ou a algum dos componentes da fórmula.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Tarceva tem na sua composição Erlotinibe, um composto que inibe a ação de uma enzima específica, a Tirosinoquinase, presente em células normais e cancerosas. Nas células cancerosas, Tarceva bloqueia a multiplicação, diminuindo assim o tamanho do tumor.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Tarceva, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, tiver problemas ou doenças nos rins, hepatite ou doenças ou problemas no fígado, tive perfurações gastrintestinais, estiver a fazer quimioterapia baseada em Taxano - paclitaxel, tiver histórico de úlcera péptica ou de inflamação no intestino, for fumador ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Durante o tratamento com Tarceva se tiver sintomas como falta de ar, tosse, febre, diarreia grave ou persistente, náusea, anorexia ou vômitos associados à desidratação, deve consultar o médico logo que possível.

O tratamento com Tarceva​ nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Tarceva​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento.

Composição

Tarceva 25 mg por cada comprimido contém:

Erlotinibe ______________________________________ 25 mg
- Equivalente a 27,32 mg de Cloridrato de erlotinibe
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

Tarceva 100 mg por cada comprimido contém:

Erlotinibe _____________________________________ 100 mg
- Equivalente a 109,29 mg de Cloridrato de erlotinibe
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

Tarceva 150 mg por cada comprimido contém:

Erlotinibe _____________________________________ 150 mg
- Equivalente a 163,93 mg de Cloridrato de erlotinibe
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, laurilsulfato de sódio, estearato de magnésio; Revestimento do comprimido: hipromelose, hiprolose, dióxido de titânio e macrogol).

Interações Medicamentosas

Tarceva não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como agentes antiangiogênicos, Tarceva , corticoides como prednisolona, anti-inflamatórios não esteroides, cetoconazol, ciprofloxacina, medicamentos que diminuem a produção de ácido gástrico no estômago como o omeprazol ou ranitidina.

Laboratório

Roche Químicos e Farmacêuticos S.A.

SAC: 0800 7720 289

Dizeres Legais:

Ms: 1.0100.0651
Farm. Resp.: Tatiana Tsiomis Díaz

< Tanisea < Tarceva > Tarfic >
publicidade