Nifedipino



Indicação

Para que serve?

Hipertensão arterial sistêmica. Angina do peito estável crônica. Angina do peito do tipo vasoespástica. Hipertensão arterial pulmonar.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Hipersensibilidade à nifedipina. Infarto agudo do miocárdio, hipotensão arterial, insuficiência cardíaca, doença do nó sinusal, estenose aórtica avançada, angina instável e angina pós-infarto. Gravidez. Porfiria.

Posologia

Como usar?

Iniciar com 10mg VO, 2 vezes ao dia. Aumentar em função da resposta terapêutica, até 20mg VO, 3 vezes ao dia.

publicidade

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

EFEITOS ADVERSOS Cefaléia, rubor e sensação de calor facial. Tonturas, letargia, depressão, parestesia, mialgia e tremor. Taquicardia, palpitações e edema gravitacional. Eritema multiforme, prurido, urticária. Náusea, constipação ou diarréia. Aumento da freqüência urinária. Distúrbio visual. Impotência sexual. Hiperplasia gengival. Ginecomastia. Telangiectasia, icterícia e colestase (aumento de transaminases). Hiperglicemia inicial.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Usar com cautela em pacientes com hipotensão arterial, estenose aórtica, insuficiência cardíaca, choque cardiogênico e diabetes mellitus.

Referência(s)

Adalat Retard (Bayer)

Classe Terapêutica

Antianginosos e Vasodilatadores

Apresentação

1) Comprimido Revestido 10 mg; 20 mg ( EMS )

Laboratórios

EMS

Interações

Pode ter ação aumentada por cimetidina e diminuída por estrogênios, rifampicina, suplementos de cálcio e antiinflamatórios não esteroidais.

Pode aumentar a toxicidade de carbamazepina, ciclosporina, lítio, quinidina, valproato e digoxina e aumentar os efeitos anti-hipertensivos de vasodilatadores, inibidores da ECA, diuréticos, betabloqueadores.

< Nifedipina < Nifedipino > Nifelat >
publicidade