Micardis HCT comprimidos

Atualizado em: Maio 2018


publicidade

Indicação

Para que serve?

O Micardis é usado para o tratamento da pressão alta em pessoas que não tiveram boa resposta com apenas hidroclorotiazida ou telmisartana.

Posologia

Como usar?

O Micardis está disponível nas dosagens 40mg/12,5mg, 80mg/12,5mg ou 80mg/25mg, devendo o médico indicar aquela que mais se adequa a cada caso.

Este remédio deve ser administrado uma vez ao dia, com ou sem alimento, podendo ser tomado juntamente com outro anti-hipertensivo, caso seja indicado pelo médico.

Veja como melhorar o efeito deste remédio.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais são raros mas podem ocorrer tonturas, infecções respiratórias e urinárias, alterações no exame de sangue, diminuição ou aumento do potássio no sangue, ansiedade, desmaio, formigamento, aumento ou diminuição do ritmo cardíaco, arritmias, falta de ar, diarreia, boca seca, gases, dor nas costas, cãibras musculares, dor muscular, mau funcionamento dos rins, impotência sexual, dor no peito, indisposição.

Ainda com menos frequência, pode ocorrer bronquite, dor de garganta, sinusite, infecção generalizada, reações alérgicas, exacerbação ou ativação do Lúpus Eritematoso Sistêmico, diminuição do açúcar no sangue, depressão, insônia, visão anormal, problemas respiratórios, dor na barriga, prisão de ventre, indigestão, vômitos, gastrite, mal-estar do estômago, alterações no fígado, inchaço do rosto, manchas vermelhas na pele, coceira, aumento do suor, cãibras e dor nas pernas, artrose, sintomas semelhantes aos de gripe, aumento da creatinina e hemoglobina no sangue e aumento das enzimas hepáticas.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este remédio não deve ser usado em casos de alergia às substâncias ativas ou a outros componentes da fórmula, ou a algum composto derivado de sulfonamida.

Também não deve ser usado em casos de obstrução ou funcionamento insuficiente das vias biliares, problemas graves de funcionamento do fígado e dos rins, níveis de potássio no sangue muito baixos que não melhoram com o tratamento, excesso de cálcio no sangue, intolerância à frutose ou diabetes mellitus.

Além disso, este remédio também não deve ser usado na gravidez e lactação.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O Micardis contém a substância ativa telmisartana, que impede a ação da substância chamada angiotensina II presente no organismo, cuja ação provoca aumento da pressão arterial.

Possui também outra substância, a hidroclorotiazida, que provoca o aumento da eliminação da urina, reduzindo ainda mais a hipertensão arterial.

O máximo efeito anti-hipertensivo é geralmente obtido após 4 a 8 semanas de tratamento.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

O Micardis não deve ser usado em casos recentes de transplante renal, insuficiência renal de leve a moderada, desidratação como consequência de dieta com restrição de sódio ou em casos de diarreia ou vômitos.

Além disso, este remédio pode também levar ao aumento dos níveis de colesterol, triglicérideos e ácido úrico, ou levar a uma diminuição excessiva da pressão arterial, podendo causar infarto do miocárdio ou derrame cerebral em pessoas com problemas de falta de circulação para o coração e o cérebro.

Este remédio pode também diminuir a capacidade de dirigir veículos ou operar máquinas, porque podem ocorrer tonturas ou sonolência durante o tratamento.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Os principais sinais e sintomas de dose excessiva são queda da pressão e aceleração ou diminuição dos batimentos do coração, enjoos e sonolência.

Composição

Cada comprimido de Micardis 40 mg/12,5 mg contém:

Telmisartana__________________________________40 mg

Hidroclorotiazida_____________________________12,5 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: hidróxido de sódio, povidona, meglumina, sorbitol, estearato de magnésio, lactose monoidratada, celulose microcristalina, óxido de ferro vermelho, amidoglicolato de sódio, amido).

Cada comprimido de Micardis 80 mg/12,5 mg contém:

Telmisartana_________________________________80 mg

Hidroclorotiazida____________________________12,5 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: hidróxido de sódio, povidona, meglumina, sorbitol, estearato de magnésio, lactose monoidratada, celulose microcristalina, óxido de ferro vermelho, amidoglicolato de sódio, amido).

Cada comprimido de Micardis 80 mg/25 mg contém:

Telmisartana_________________________________80 mg

Hidroclorotiazida______________________________25 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: hidróxido de sódio, povidona, meglumina, sorbitol, estearato de magnésio, lactose monoidratada, celulose microcristalina, óxido férrico amarelo, amidoglicolato de sódio, amido).

Laboratório

.

Dizeres Legais:

MS 1.0367.0134
Farm. Resp.: Dímitra Apostolopoulou - CRF-SP 08828

< Miantrex CS < Micardis HCT comprimidos > Miconazol >
publicidade