Metotrexato

Atualizado em: Abril 2011


publicidade

Indicação

Para que serve?

Leucemia linfoblástica aguda. Tumores trofoblásticos, linfossarcomas, outros tumores de cabeça e pescoço, bexiga, mama, ovário, próstata, pulmão, rim e testículo.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Hipersensibilidade ao fármaco. Gravidez. Lactação. Insuficiência renal e hepática. Mielossupressão preexistente. Portadores de HIV. Discrasia sanguínea.

Posologia

Como usar?

Adulto e criança: 20 a 40mg/m 2 IV, 2 vezes por semana. Dose de manutenção de 15mg a 30mg/m 2 IV, 1 ou 2 vezes por semana.

Em associação com outros agentes antineoplásicos na dose de 40mg/m 2 IV, a cada 3 ou 4 semanas.

A dose e a duração da terapia deverão ser ajustadas ao tipo de neoplasia e às condições clínicas do paciente.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Estomatite ulcerativa, glossite, gengivite, náusea, vômito, diarréia, anorexia, mucosite. Supressão das funções da reprodução. Lesões hepáticas, renais e neurológicas. Cistite. Tontura, fraqueza, encefalopatia, febre e calafrios. Reações de hipersensibilidade. Alopécia, alterações de pigmentação da pele, fotossensibilidade. Mielossupressão, leucopenia e trombocitopenia. Enterite hemorrágica.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Pode ocorrer necrose óssea e de tecidos após radioterapia. Placas erosivas dolorosas podem ocorrer com tratamento de psoríases.

Reações de fotossensibilidade podem ocorrer.

Ajustar dose em pacientes com insuficiência hepática ou renal.

Ascites e derrames pleurais devem ser drenados antes de iniciar a terapia.

Usar com cautela em pacientes idosos, com úlcera péptica, colite ulcerativa, mielodepressão, porfiria.

Deverá ser feita uma hidratação antes, durante e após a sua administração em virtude da nefrotoxicidade. Controle hematológico antes de cada administração.

Referência(s)

Metotrex (Aspen)

Classe Terapêutica

Antineoplásicos

Apresentação

1) Solução Injetável 25 mg/ml ( Asta Médica )

Laboratórios

Asta Médica

Interações

Pode aumentar a atividade anticoagulante e o risco de hemorragias dos medicamentos antigotosos (alopurinol, colchicina ou probenecida).

Pode ocasionar anormalidades neurológicas, quando administrado com aciclovir parenteral.

Ácido fólico e derivados contidos nos produtos vitamínicos reduzem seus efeitos farmacológicos/tóxicos.

Alcalóides da vinca, citarabina e daunorrubicina aumentam sua captação celular.

Bleomicina, canamicina, corticosteróides, hidroxicarbamida, mercaptopurina, neomicina e penicilinamina diminuem sua captação celular.

Cetoprofeno, diclofenaco, fenilbutazona, indometacina e naproxeno causam toxicidade grave.

Sulfonamidas aumentam o risco de hepatotoxicidade.

publicidade