Mercilon conti

Atualizado em: Maio 2018


publicidade

Indicação

Para que serve?

O Mercilon Conti é um anticoncepcional de 28 comprimidos que é usado para impedir que ocorra uma gravidez.

Quando usado corretamente e sem esquecimento, a possibilidade de engravidar é muito baixa.

Posologia

Como usar?

Os comprimidos devem ser tomados na ordem marcada na cartela, diariamente, no mesmo horário e com um pouco de líquido, se necessário. Deve-se iniciar com os comprimidos brancos, seguidos pelos comprimidos verdes por 2 dias e seguidos pelos comprimidos amarelos por 5 dias.

A cartela seguinte deve ser sempre iniciada imediatamente após o último comprimido amarelo. Durante a administração dos comprimidos verdes e amarelos, geralmente ocorre a menstruação.

Iniciar o tratamento com Mercilon conti

  • Sem se ter utilizado anticoncepcional hormonal no último mês: A administração do comprimido deve ser iniciado no 1º dia do ciclo menstrual natural da mulher, isto é, no primeiro dia da menstruação. Também é permitido iniciar entre o 2º e o 5º dia, mas, neste caso, recomenda-se utilizar preservativo nos primeiros 7 dias de tratamento.
  • Troca de um anticoncepcional hormonal combinado, anel vaginal ou adesivo transdérmico: Deve-se iniciar Mercilon conti preferivelmente no dia seguinte ao da administração do último comprimido ativo do anticoncepcional utilizado anteriormente, mas no mais tardar, no dia seguinte ao do intervalo habitual sem tratamento ou do comprimido placebo do tratamento prévio. No caso do anel vaginal ou adesivo transdérmico, a mulher deve iniciar Mercilon conti preferivelmente no dia da retirada do anel ou do adesivo, mas no mais tardar no dia da aplicação seguinte.
  • Troca de uma minipílula, injeção, implante ou sistema intrauterino que libera progestagênio: A troca da minipílula por Mercilon conti, pode ser feita em qualquer dia. No caso de implante ou SIU, a troca deve ser feita no dia da retirada dos mesmos e, no caso de medicamento injetável, no dia em que seria administrada a próxima injeção. Nesses casos, deve-se usar preservativo durante os primeiros 7 dias de tratamento.
  • Após aborto no primeiro trimestre de gestação: Pode-se iniciar imediatamente.

As mulheres devem ser orientadas a iniciar Mercilon conti nos dias 21 a 28 após o parto ou aborto no segundo trimestre de gestação. Quando iniciar depois desse período, a mulher também deve ser orientada a utilizar preservativo durante os primeiros 7 dias de tratamento.

Saiba com mais pormenor como tomar o anticoncepcional corretamente.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso do anticoncepcional Mercilon conti são náusea, dor abdominal, aumento de peso corporal, dor de cabeça, humor deprimido e alterações do humor, dor ou sensibilidade mamária.

Embora seja mais raro, pode também ocorrer vômito e diarreia, retenção de líquido, enxaqueca, redução do desejo sexual, aumento das mamas, vermelhidão na pele e urticária.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este medicamento não deve ser usado por mulheres com:

  • Tromobose ou fator de risco;
  • História de ataque cardíaco ou derrame cerebral;
  • Distúrbios na coagulação do sangue;
  • História de enxaqueca com aura;
  • Diabetes mellitus com alteração dos vasos sanguíneos;
  • História de pancreatite;
  • Icterícia ou doença grave do fígado;
  • Câncer que possa crescer por influência dos hormônios sexuais;
  • Tumor no fígado;
  • Sangramento vaginal não explicado;
  • Alergia a qualquer componente da fórmula.

Além disso, este medicamento não deve ser usado por mulheres grávidas ou que estejam a amamentar.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de iniciar o tratamento com Mercilon conti, deve-se informar o médico em caso de uso de cigarro, diabetes, obesidade, pressão alta, distúrbios do ritmo cardíaco, inflamação nas veias ou varizes, história familiar de tromobose, ataque cardíaco ou derrame, enxaqueca, epilepsia, história pessoal ou familiar de câncer de mama, níveis elevados de colesterol e triglicerídes.

Além disso, pessoas com problemas no fígado, doença de crohn, colite ulcerativa, lúpus eritematoso sistêmico, síndrome hemolítica urêmica, anemia falciforme ou cloasma devem informar o médico antes de usar qualquer anticoncepcional.

O câncer de mama tem sido diagnosticado um pouco mais frequentemente em mulheres que usam pílulas do que nas de mesma idade que não as usam.

Veja quais os antibióticos que cortam o efeito do anticoncepcional.

Posso ter trombose se tomar Mercilon conti?

A trombose é a formação de um coágulo que pode bloquear um vaso sanguíneo. Algumas vezes a trombose ocorre em uma veia profunda das pernas, conhecida por trombose venosa profunda. Se esse coágulo se deslocar das veias onde foi formado, pode atingir e bloquear as artérias dos pulmões, causando a então chamada embolia pulmonar.

A trombose venosa profunda é uma ocorrência rara que pode se desenvolver com mais frequência em pessoas que estiverem a tomar um anticoncepcional, porque o risco é maior em usuárias de pílulas do que em não usuárias. Além disso, o risco de ter uma trombose é mais elevado após o início do tratamento usando a pílula pela primeira vez.

No entanto, embora o risco de ocorrer trombose seja maior em pessoas que tomam um anticoncepcional, é muito raro que isto aconteça.

O que fazer se esquecer de tomar Mercilon conti?

Se a mulher estiver menos de 12 horas atrasada para tomar qualquer comprimido, a proteção anticoncepcional não é reduzida. A mulher deve tomar o comprimido assim que lembrar e os próximos devem ser tomados no horário habitual.

Caso a mulher esteja atrasada mais de 12 horas para tomar qualquer comprimido branco ativo, a proteção anticoncepcional pode estar reduzida. Neste caso, se o esquecimento ocorrer na:

  • Primeira semana: a mulher deve tomar o comprimido esquecido assim que lembrar, mesmo se isso significar a tomada de dois comprimidos ao mesmo tempo e deve continuar a tomar os comprimidos seguintes no horário habitual. Além disso, deve ser usado preservativo durante os 7 dias seguintes. Se a mulher teve relação sexual nos 7 dias prévios ao esquecimento, a possibilidade de gravidez deve ser considerada. Quanto maior o número de comprimidos esquecidos e quanto mais próximo estiver do intervalo de comprimidos verdes e amarelos, maior o risco de gravidez.
  • Segunda semana: a mulher deve tomar o último comprimido esquecido assim que lembrar, mesmo se isso significar a tomada de dois comprimidos ao mesmo tempo. Ela deve, então, continuar tomando os comprimidos seguintes no horário habitual. Se ela tomou os comprimidos corretamente nos 7 dias antes do primeiro comprimido esquecido, não há necessidade de usar precauções anticoncepcionais adicionais. Entretanto, se esse não for o caso ou se ela se esqueceu de tomar mais de um comprimido, deve usar preservativo durante 7 dias.
  • Terceira semana: o risco de confiabilidade reduzida é iminente por causa do próximo intervalo com placebo/estrogênio na quarta semana. Assim, a mulher deve tomar o último comprimido esquecido assim que lembrar, mesmo se isso significar a tomada de dois comprimidos ao mesmo tempo e continuar tomando os comprimidos seguintes no horário habitual. A próxima cartela deve ser iniciada assim que os comprimidos brancos da cartela em uso terminar, de modo que a mulher deixa de tomar os comprimidos verdes e amarelos. Outra opção é interromper o uso dos comprimidos brancos da cartela e continuar imediatamente com os comprimidos amarelos. O número total de comprimidos esquecidos mais os comprimidos amarelos nunca deve exceder 7. Subsequentemente, ela deve continuar com a cartela seguinte.
  • Quarta semana: A fiabilidade da pílula é mantida. Deve-se tomar o comprimido assim que seja lembrado e tomar os comprimidos seguintes no horário habitual.

Mercilon conti engorda?

Um dos efeitos colaterais deste anticoncepcional é o aumento de peso, por isso é provável que algumas pessoas engordem com o uso de Mercilon conti.

O que fazer se não menstruar?

Se foram tomados todos os comprimidos corretamente, e se não ocorreram vômitos ou diarreia, nem se usaram outros medicamentos, então é muito improvável que tenha ocorrido uma gravidez.

Assim, deve-se continuar a tomar os comprimidos normalmente. Se a pessoa não menstruar duas vezes seguidas, pode estar grávida e por isso deve informar o médico imediatamente.

Posso emendar cartela para não menstruar?

Sim. A mulher pode atrasar a menstruação se continuar com os comprimidos brancos da próxima cartela de Mercilon conti imediatamente após terminar os comprimidos brancos da cartela atual.

Quando a mulher quiser que a sua menstruação comece, é só começar a tomar os comprimidos verdes e amarelos. No entanto, ao usar a segunda cartela pode apresentar sangramento inesperado ou pequenos sangramentos escurecidos durante o período em que estiver tomando os comprimidos brancos.

A seguinte cartela deve ser iniciada depois de tomar os habituais comprimidos verdes e amarelos.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Não há relatos de efeitos prejudiciais graves por tomar muitos comprimidos de Mercilon conti.

Composição

Mercilon conti contém 28 comprimidos, dos quais 21 são brancos, 5 são amarelos e 2 verdes.

Cada comprimido revestido branco contém:

Desogestrel ________________________________150 mcg

Etinilestradiol________________________________20 mcg

Excipientes_______________________ q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: amido, povidona, ácido esteárico, dióxido de silício, racealfatocoferol, lactose e Opadry OY-S 28833 branco (camada de filme)).

Cada comprimido revestido amarelo contém:

Etinilestradiol ________________________________10 mcg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: amido, povidona, ácido esteárico, dióxido de silício, racealfatocoferol, lactose e Opadry OY-S 22814 amarelo (camada de filme)).

Cada comprimido revestido verde contém:

(Excipientes: amido, estearato de magnésio, lactose e Opadry OY-S 21044 verde (camada de filme)).

Laboratório

Schering Plough

Dizeres legais:

MS 1.0171.0102 | Farm. Resp.: Cristina Matushima - CRF-SP nº 35.496

< Melxi < Mercilon conti > Meropeném >
publicidade