Maxidex colírio e pomada

publicidade

Indicação

Para que serve?

Maxidex colírio e pomada é indicado para o tratamento de inflamações no olho, como conjuntivite alérgica, acne rosácea, ceratite puntata superficial ou por herpes zoster, em casos de corpo estranho no olho, casos onde foi feito transplante de córnea, irites, ciclites e conjuntivites infecciosas, em adultos e crianças.

Além disso, Maxidex também pode ser indicado no tratamento de traumas na córnea causados por queimaduras químicas, térmicas ou por radiação.

Posologia

Como usar?

Maxidex colírio

  • Geralmente, é recomendada a aplicação de 1 ou 2 gotas no olho, administradas 4 a 6 vezes por dia ou de acordo com indicação médica. Caso seja necessário e de acordo com indicação médica, as gotas podem ser administradas de 1 em 1 hora.

Antes de aplicar o colírio é recomendado que agite bem a embalagem antes de usa.

Maxidex pomada

  • Geralmente, é recomendada a aplicação de cerca de 2 centímetros da pomada no olho, administrados 4 vezes por dia.

Dependendo da indicação do médico, Maxidex tanto pode ser usado na forma de colírio ou pomada, sendo geralmente recomendada a utilização do colírio durante o dia, e da pomada à noite, ao deitar.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Maxidex colírio e pomada podem incluir glaucoma, lesões no nervo do olho, defeitos no olho, formação de catarata, e desenvolvimento de infecções oculares secundárias causadas por outros microorganismos, como fungos ou bactérias.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Maxidex colírio e pomada está contraindicado para pacientes ceratite epitelial por herpes simples, vaccínia, varicela, pacientes com doenças virais ou causadas por fungos nos olhos, tuberculose ocular e para pacientes com alergia à Dexametasona ou a algum dos componentes da fórmula.

Além disso, Maxidex não deve ser utilizado após a remoção não complicada de corpo estranho da córnea.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Maxidex colírio e pomada tem na sua composição Dexametasona, um corticoide sintético que diminui a inflamação causada por agentes de natureza mecânica, química ou imunológica.

Além disso, Maxidex colírio tem também na sua composição o veículo Hipromelose 4.000 cps, um composto responsável por conferir uma maior viscosidade à suspensão oftálmica, o que aumenta o tempo de contato do produto com os tecidos oculares, favorecendo assim a sua penetração e atividade no olho.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Maxidex colírio e pomada, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, tiver alguma doença ou problema de saúde ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Além disso, Maxidex não deve ser utilizado no tratamento de infecções oculares purulentas agudas ou em casos de ceratoconjuntivite de Sjögren.

O tratamento com Maxidex nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de ingestão acidental de Maxidex​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento.

Composição

Maxidex colírio, por cada 1 ml de suspensão oftálmica contém:

Dexametasona _______________________________ 0,001 g
Hipromelose 4.000 cps _________________________ 0,005 g
Veículo ________________________________________ 1 ml

(Veículos: constituído de cloreto de sódio , fosfato de sódio dibásico , polissorbato 80, com edetato dissódico e cloreto de benzalcônio como conservantes e água purificada).

Maxidex pomada, por cada 1 g de pomada oftálmica contém:

Dexametasona _______________________________ 0,001 g
Excipientes _____________________________________ 1 g

(Excipientes: constituído de lanolina líquida anidra, com metilparabeno e propilparabeno como conservantes e vaselina sólida).

Laboratório

Alcon

Alcon Laboratórios do Brasil Ltda.: Av. N.S. da Assunção, 736 05359-001, São Paulo - SP; CNPJ 60.412.327/0013-36 - Indústria Brasileira; -sacbrasil@alconlabs.com; - SAC: 0800 7077908.

Outros medicamentos que podem ser usados no tratamento de inflamações no olho, além de Maxidex, podem ser Flutinol ou Acular.

Dizeres Legais:

Ms: 1.0023.0080
Farm. Resp.: Lygia C. Piazza

< Maxicrom < Maxidex colírio e pomada > Maxidrate >
publicidade