Porque tomar leite corta o efeito do remédio



Por ser um alimento muito rico em cálcio, o leite pode diminuir o efeito de alguns medicamentos, especialmente dos remédios usados no tratamento de problemas da tireoide, de alguns antibióticos ou dos suplementos de ferro.

Isso acontece porque o cálcio se liga às substâncias presentes nesses remédios, tornando-as mais difíceis de absorver no estômago, especialmente se for ingerido nas 2 horas antes ou depois da toma do medicamento. Assim, embora não seja prejudicial para a saúde, tomar alguns medicamentos com leite pode diminuir a quantidade de remédio disponível no sangue, reduzindo a sua eficácia.

Para evitar que isso aconteça, é muito importante dar preferência para a água na hora de tomar o medicamento ou, então, ler a bula ou questionar o médico sobre a possibilidade de se utilizar o leite com o remédio que se precisa tomar.

Remédios que não devem ser ingeridos com leite

Existem vários tipos de remédios que não devem ser ingeridos com leite, no entanto, os mais comuns incluem:

  • Remédios para a tireoide, como a Levotiroxina;
  • Alguns antibióticos, como Levofloxacina, Quinolona, Tetraciclina ou Norfloxacino;
  • Suplementos de ferro, muito usados no tratamento de anemia.

Uma vez que a lista não está completa, é muito importante consultar o médico que receitou o medicamento caso exista dúvidas sobre o seu uso, mesmo que seja apenas para questionar se pode ser tomado com leite.

Além do leite, ao tomar estes medicamentos é ainda acnselhado evitar comer queijo, iogurtes, sorvetes ou tomar antiácidos, uma vez que também contêm um elevado teor de cálcio, acabando por ter um efeito semelhante ao do leite.

publicidade