Femoston



Indicação

Para que serve?

Femoston Conti é indicado como Terapia de Reposição Hormonal para o tratamento de mulheres na menopausa com sintomas de falta de hormônio feminino como onda de calor, suor noturno, secura vaginal e menstruações irregulares. Além disso, também é indicado para a prevenção da osteoporose em mulheres na pós-menopausa.

Femoston Conti também pode ser encontrado na forma de Femoston 1/10, um medicamento que apresenta uma dosagem mais elevada de Didrogesterona e que se encontra divido em 2 comprimidos.

Posologia

Como usar?

  • Como usar Femoston Conti pela primeira vez:

A dose recomendada é de 1 comprimido por dia, de preferência sempre à mesma hora, ingerido com água e que pode ser acompanhado de alimentos.

A administração deve ser feita seguindo as orientações dos dias da semana, devendo o medicamento ser tomado continuamente, sem interrupção do tratamento.

  • Mudança de outra Terapia Hormonal para Femoston Conti:

Deve iniciar o uso de Femoston no dia seguinte ao final da fase estrógeno mais progestagênio da outra Terapia Hormonal, sem intervalo entre comprimidos.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Femoston Conti incluem dor de cabeça, enxaqueca, enjoo, dor de barriga, gases, câimbra nas pernas, dor ou sensibilidade nas mamas, sangramento vaginal entre uma menstruação e outra e sangramentos de escape, cansaço extremo e aumento e diminuição de peso.

publicidade

Contraindicações

Quando não devo usar?

Femoston Conti está contraindicado para homens, mulheres em idade fértil, grávidas ou amamentando, crianças e adolescentes com menos de 18 anos, mulheres com sangramento vaginal anormal, crescimento anormal da camada interna do útero, câncer da mama ou suspeitas de câncer da mama ou suspeita de tumor dependente de estrogênio como câncer da camada interna do útero ou tumor dependente de progestagênio, como tumor no cérebro, pacientes com historial de problemas de circulação sanguínea ou coágulos de sangue nas artérias como angina do peito, derrame cerebral ou um infarto do miocárdio, historial de coágulos de sangue num vaso sanguíneo, nas pernas ou pulmões, pacientes com desordem trombofílica como deficiência de proteína C, proteína S ou antitrombina III, pacientes com problemas ou doença no fígado ou porfiria e para pacientes com alergia a algum dos componentes da fórmula.

Farmacocinética

Como funciona?

Femoston Conti é um medicamento que tem na sua composição estradiol e didrogesterona, dois hormônios femininos que são produzidos naturalmente pelos ovários da puberdade à menopausa.

Quando a mulher fica mais velha, por volta dos 50 anos, os ovários gradativamente produzem menos estrogênios, sendo este período conhecido como menopausa. Durante este período, a deficiência de estrogênios pode provocar diferentes sintomas ou alterações na mulher, como fazer com que a parede da vagina se torne fina e seca, relação sexual dolorosa e aparecimento de prurido, infecções vaginais, incontinência urinária, cistites repetidas, irritação vaginal e ondas de calor.

O estradiol vai ser responsável por controlar os sinais da menopausa e dar proteção contra a osteoporose e a didrogesterona por prevenir o crescimento do revestimento do seu útero. Assim, Femoston Conti por ser um medicamento contendo estradiol e didrogesterona, pode ser utilizado no tratamento deste tipo de queixas, associadas ou período de menopausa na mulher.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Femoston Conti, deverá falar com o seu médico se tiver intolerância a alguns açúcares, tiver de realizar exames laboratoriais, tiver leiomioma, fibroma uterino, endometriose, fatores de risco para coágulos sanguíneos ou câncer dependente de estrógenos, tiver pressão alta, doenças do fígado, diabetes, pedras na vesícula, enxaqueca ou dores de cabeça intensas, Lúpus eritematoso sistêmico, historial de espessamento anormal do revestimento uterino, epilepsia, asma ou otosclerose ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Durante o tratamento com Femoston Conti, caso sinta sintomas como coloração amarelada da pele ou da parte branca dos olhos, aumento da pressão sanguínea e dor de cabeça do tipo enxaqueca.

Antes e durante o tratamento com Femoston Conti, de acordo com indicação médica, pode ser necessária a realização de alguns exames regulares como exames ao sangue e mamografias.

O tratamento com Femoston Conti​ nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Composição

Femoston Conti por cada comprimido revestido contém:

Estradiol (17β-estradiol hemi-hidratado) ____________ 1,0 mg
Didrogesterona ________________________________ 5,0 mg
Excipientes _____________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, hipromelose, amido, dióxido de silício, estearato de magnésio, macrogol 400, dióxido de titânio, óxido de ferro amarelo e óxido de ferro vermelho).

Femoston 1/10 é composto por dois tipos de comprimidos, comprimidos brancos e comprimidos cinza.

- Femoston 1/10 por cada comprimido revestido branco contém:

Estradiol _____________________________________ 1,0 mg
Excipientes _____________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, amido de milho, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, hipromelose, macrogol 400 e dióxido de titânio).

- Femoston 1/10 por cada comprimido revestido cinza contém:

Estradiol _____________________________________ 1,0 mg
Didrogesterona _______________________________ 10,0 mg
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, amido de milho, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, hipromelose, álcool polivinílico, talco, macrogol 3350, dióxido de titânio e óxido de ferro preto).

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso ocorra o esquecimento da administração de uma dose de Femoston Conti deverá tomar a dose esquecida logo que se lembre, desde que tenham passado menos de 12 horas do horário habitual. Se passarem mais de 12 horas do horário habitual, deve saltar a dose esquecida e tomar apenas a dose do horário seguinte. As doses de Femoston Conti nunca devem ser administradas a dobrar ou em horários muito próximos.

Interações Medicamentosas

Femoston Conti não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como medicamentos fitoterápicos, medicamentos epilepsia, fenobarbital, carbamazepina, fenitoína, medicamentos anti-infecciosos como, rifampicina, rifabutina, nevirapina e efavirenz, medicamentos anti-infecciosos usados no tratamento da AIDS como ritonavir e nelfinavir, medicamentos contendo erva de São João, tacrolimus, ciclosporina, fentanil ou teofilina.

Laboratório

Abbott

Abbott Laboratórios do Brasil Ltda.: - SAC: 0800 7031050

Outros remédios que também podem tratar os sintomas da menopausa podem ser Estriopax ou Estreva gel.

Dizeres Legais:

M.S.: 1.0553.0349
Farm. Resp.: Fabio Bussinger da Silva

< Femme < Femoston > Fem 7 >
publicidade