Estrofem

publicidade

Indicação

Para que serve?

Terapia Hormonal (TH) para sintomas da deficiência estrogênica, em mulheres na pós-menopausa. Como terapêutica de segunda escolha na prevenção da osteoporose, em mulheres na pós-menopausa, que apresentam um risco aumentado de fraturas futuras, que são intolerantes ou apresentam contra-indicação ao
uso de outros produtos aprovados para a prevenção da osteoporose. Estrofem (estradiol) é particularmente indicado para mulheres histerectomizadas, que não necessitam de terapia combinada com progestogênio. Para mulheres com útero intacto, deve ser considerada a terapia combinada com progestogênio, durante pelo menos, 10 a 12 dias em cada ciclo.

A experiência de tratamento de mulheres com mais de 65 anos é limitada.

Contraindicações

Quando não devo usar?

- hipersensibilidade conhecida ao estradiol ou aos demais componentes do produto;
- conhecimento, histórico anterior ou suspeita de câncer de mama;
- conhecimento ou suspeita de tumores dependentes de estrógeno, por exemplo câncer do endométrio;
- sangramento vaginal não-diagnosticado;
- hiperplasia endometrial não-tratada;
- tromboembolismo venoso idiopático prévio ou atual (trombose venosa profunda, embolia pulmonar);
- eventos tromboembólicos arteriais ativos ou recentes;
- doença hepática aguda ou histórico de doença hepática, desde que os testes de função hepática não tenham retornado ao normal;
- porfiria.

Posologia

Como usar?

Para início e continuação do tratamento dos sintomas da menopausa, a dose efetiva mais baixa, com curta duração deve ser utilizada. Uma mudança para dose mais alta ou menor dose de Estrofem (estradiol) pode ser indicada, se após três meses de tratamento, a resposta para o alívio dos sintomas da menopausa ou a tolerabilidade ao tratamento apresentarem-se insatisfatórios. Obtém-se inibição suficiente da perda do conteúdo mineral ósseo com administração de dose diária de 1 - 2 mg de Estrofem (estradiol). Deve-se administrar diariamente, por via oral, 1 comprimido de Estrofem (estradiol), sem interrupção. O tratamento de pacientes histerectomizadas e das pós-menopáusicas pode ser iniciado em qualquer dia. Se a paciente menstrua, o tratamento deverá ser iniciado no 5º dia após o início do sangramento. Em pacientes não-histerectomizadas (com útero intacto), a combinação com progestágeno deve ser considerada.
Para pacientes não-histerectomizadas o esquecimento de um comprimido pode aumentar a probabilidade de sangramento de privação e de escape.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. As reações adversas mais freqüentemente relatadas são: sensibilidade/dor nas mamas, dor abdominal, edema e dor de cabeça.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Antes de utilizar o medicamento, confira o nome no rótulo, para não haver enganos. Não utilize Estrofem (estradiol) caso haja sinais de violação e/ou danificações da embalagem. Tome um comprimido de Estrofem (estradiol) ao dia, de preferência sempre no mesmo horário, sem interrupção. Caso você tenha esquecido de tomar um comprimido, descarte o comprimido esquecido e continue o tratamento como antes. Para pacientes não-histerectomizadas o esquecimento de um comprimido pode aumentar a
probabilidade de sangramento de privação e de escape. Interrupção do tratamento: Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Gravidez e lactação: Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando. Você não deve tomar Estrofem (estradiol) se estiver grávida ou com suspeita de gravidez e se estiver amamentando.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Superdose pode ser manifestada por náusea e vômito. Não existe antídoto específico e o tratamento deverá ser sintomático.

Composição

Cada comprimido revestido contém:
estradiol ....................................................................................................................................................... 1 mg
Excipientes q.s.p........................................................................................................................... 1 comprimido
Excipientes: lactose monoidratada, amido, gelatina, silicato de magnésio, estearato de magnésio, hipromelose, dióxido de titânio, propilenoglicol e óxido de ferro vermelho.

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar?

Estrofem (estradiol) deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15 – 30 ºC), em local seco e ao abrigo da luz.
Prazo de validade: 48 meses a partir da data de fabricação impressa na embalagem do produto. Verifique sempre o prazo de validade do medicamento antes de usá-lo. Nunca use medicamento com o prazo de validade vencido, pois pode ser prejudicial à sua saúde.

Apresentação

Comprimido revestido. Embalagem contendo estojo calendário com 28 comprimidos.
Estrofem é marca registrada de propriedade da Novo Nordisk A/S.
USO ADULTO
Uso oral

Interações Medicamentosas

As seguintes drogas podem reduzir o efeito de Estrofem (estradiol): Anticonvulsivantes (p. ex.: fenobarbital, fenitoína e carbamazepina);
Antiinfecciosos (p. ex.: rifampicina, rifabutina, nevirapina, efavirenz, ritonavir e nelfinavir).Preparações vegetais contendo Erva de São João (Hypericum perforatum) podem influenciar o metabolismo dos estrógenos.

Informações Legais

MS - 1.0181.0324
Farm. Resp.: Dra. Clarice Mitie Sano Yui
CRF-SP nº 5.115

Laboratório

Importado e distribuído por:
MEDLEY S. A. Indústria Farmacêutica
Rua Macedo Costa, 55 – Campinas – SP
C.N.P.J.: 50.929.710/0001-79
Indústria Brasileira
Fabricado por:
NOVO NORDISK A/S
DK-2880 Bagsvaerd
Dinamarca

< Estriopax < Estrofem > Etionamida >
publicidade