Enalapril

Atualizado em: Agosto 2018


publicidade

Indicação

Para que serve?

O maleato de enalapril é indicado no tratamento de todos os graus de hipertensão essencial, hipertensão renovascular e todos os graus de insuficiência cardíaca.

Além disso, também é indicado para a prevenção da insuficiência cardíaca sintomática em pacientes assintomáticos com disfunção ventricular esquerda e prevenção de eventos isquêmicos coronarianos em pessoas com disfunção ventricular esquerda.

Posologia

Como usar?

Os comprimidos podem ser administrados antes, durante ou após as refeições.

Hipertensão essencial:

A dose inicial recomendada para a hipertensão leve é de 10 mg ao dia e para outros graus de hipertensão, a dose inicial é de 20 mg ao dia. A dose usual de manutenção é de um comprimido de 20 mg ao dia.

A posologia deve ser ajustada de acordo com a necessidade do paciente até o máximo de 40 mg ao dia.

Hipertensão renovascular:

O tratamento deve ser iniciado com uma dose menor, de cerca de 5 mg ou menos. A posologia, então, deve ser ajustada de acordo com a necessidade da pessoa. Para pessoas hipertensas que receberam diuréticos recentemente, recomenda-se cautela.

Terapia diurética concomitante na hipertensão:

A terapia diurética deve ser descontinuada por 2 a 3 dias antes do início da terapia com este medicamento. Se isso não for possível, a dose inicial de maleato de enalapril deve ser de 5 mg ou menos, para determinar o efeito inicial na pressão arterial. A posologia, então, deve ser ajustada de acordo com as necessidades da pessoa.

Insuficiência cardíaca/disfunção ventricular esquerda assintomática:

A dose inicial é de 2,5 mg e deve ser administrada sob supervisão médica para se determinar o efeito inicial na pressão arterial. O maleato de enalapril pode ser utilizado para o controle da insuficiência cardíaca sintomática, geralmente com diuréticos e, quando apropriado, com digitálicos. Na ausência de hipotensão sintomática, após o início da terapia de insuficiência cardíaca com maleato de enalapril ou após o controle efetivo da hipotensão, a dose deve ser aumentada gradualmente até a dose de manutenção usual de 20 mg, administrada em dose única diária ou dividida em duas doses, conforme tolerado pelo paciente.

Na insuficiência renal, o intervalo entre as doses de enalapril deve ser prolongado e/ou a posologia diminuída.

Veja ainda como melhorar o efeito deste medicamento.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos adversos mais comuns que podem ocorrer com o uso de maleato de enalapril comprimidos são tonturas e dor de cabeça.

Além disso, embora seja mais raro, pode também ocorrer cansaço, hipotensão, hipotensão ortostática, síncope, náuseas, diarréia, câimbras musculares, erupção cutânea, tosse, disfunção renal, insuficiência renal e oligúria.

Contraindicações

Quando não devo usar?

O maleato de enalapril é contra-indicado para pessoas com hipersensibilidade a qualquer componente do produto e com história de edema angioneurótico relacionado a tratamento prévio com inibidores de enzima conversora de angiotensina.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Em hipertensos recebendo maleato de enalapril, existe maior probabilidade de ocorrer hipotensão, devido a terapia diurética, restrição dietética de sal, diálise, diarréia ou vômitos conforme indicado pelo uso de altas doses de diuréticos de alça, hiponatremia ou insuficiência renal.

Em algumas pessoas, a hipotensão decorrente do início da terapia com inibidores da ECA pode levar à deterioração adicional da função renal, podendo ainda causar insuficiência renal aguda, que é usualmente reversível.

Pode ocorrer edema angioneurótico de face, extremidades, lábios, língua, glote ou laringe e nesses casos, o maleato de enalapril deve ser imediatamente descontinuado.

Em caso de gravidez, o maleato de enalapril deve ser suspenso logo que se confirme a gravidez, a menos que seja considerado vital para a mãe.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O maleato de enalapril é um medicamento que pertence ao grupo de fármacos denominado inibidores da enzima conversora de angiotensina.

Este medicamento age dilatando os vasos sanguíneos para ajudar o coração a bombear sangue com mais facilidade para todas as partes do corpo. Essa ação ajuda a diminuir a pressão alta.

Em muitas pessoas com insuficiência cardíaca, o maleato de enalapril auxilia o coração a funcionar melhor.

Quais os nomes comerciais do maleato de enalapril?

O maleato de enalapril é uma substância ativa que está disponível em genérico e presente em medicamentos como Renapril, Enalabal, Eupressin e Enalamed.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

As principais características de superdose relatadas até agora consistem em hipotensão acentuada, começando após 6h da ingestão dos comprimidos, simultaneamente com bloqueio do sistema renina-angiotensina e estupor

Composição

Cada comprimido de 5 mg contém:

Maleato de enalapril_____________________________5 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes em 1 comprimido de 5 mg contêm amido, bicarbonato de sódio, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, lactose monoidratada).

Cada comprimido de 10 mg contém:

Maleato de enalapril____________________________10 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes em 1 comprimido de 10 mg contêm amido, bicarbonato de sódio, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, lactose monoidratada, óxido de ferro amarelo).

Cada comprimido de 20 mg contém:

Maleato de enalapril____________________________20 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes em 1 comprimido de 20 mg contêm amido, bicarbonato de sódio, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, lactose monoidratada, óxido de ferro vermelho).

Laboratório

Medley

- SAC: 0800 7298000.

Dizeres Legais:

Farm. Resp.: Dra. Miriam Onoda Fujisawa - CRF-SP nº 10.640 | MS - 1.0181.0376 | SAC:0800 7298000

Venda sob prescrição médica.

< Enalamed < Enalapril > Enax >
publicidade