Égide



Indicação

Para que serve?

Égide é indicado para o tratamento da epilepsia e para a prevenção da enxaqueca, em adultos e crianças com mais de 12 anos de idade.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Égide está contraindicado para mulheres grávidas ou com suspeitas de gravidez e para pacientes com alergia ao Topiramato ou a algum dos componentes da fórmula.

Posologia

Como usar?

Os comprimidos de Égide devem ser tomados 2 vezes por dia, de acordo com indicação médica, junto com um copo de água e alimentos, e sem partir ou mastigar os comprimidos.

A dose recomendada e a duração do tratamento com Égide devem ser indicadas pelo seu médico, pois estas dependem do estado da doença e da resposta individual de cada paciente ao tratamento.

publicidade

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Égide podem incluir problemas de coordenação, alterações do pensamento com dificuldade de concentração, lentidão de pensamento e confusão, tontura, cansaço, formigamento, sonolência, esquecimento, agitação, diminuição do apetite, problemas na fala, depressão, problemas de visão, alterações do humor, náusea, alterações do paladar, perda de peso ou formação de pedra nos rins com sintomas como sangue na urina, dor na parte inferior das costas ou dor na área genital.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Égide, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, tiver historial de alergias, de pensamentos ou comportamentos suicidas ou de problemas de visão ou dor nos olhos, estiver desidratado, tiver doença ou problemas nos rins incluindo pedra nos rins, transtornos do humor ou depressão, miopia aguda e glaucoma, acidose metabólica, tiver doenças ou problemas no fígado ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Durante o tratamento com Égide deve tomar especial cuidado ao dirigir veículos ou máquinas, pois este medicamento pode causar sonolência ou tontura.

O tratamento com Égide​ nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Égide​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento. Alguns dos efeitos mais comuns que pode sentir após a toma excessiva de Égide podem incluir convulsão, sonolência, problemas na fala, visão embaçada, visão dupla, lentidão e problemas de pensamento, lentidão geral, abaixamento da pressão, descoordenação de movimentos, dor abdominal, agitação, vertigem ou depressão.

Composição

Égide 25 mg por cada cada comprimido revestido contém:

Topiramato ____________________________________ 25 mg
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amido, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose e macrogol).

Égide 50 mg por cada comprimido revestido contém:

Topiramato ____________________________________ 50 mg
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amido, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose e macrogol).

Égide 100 mg por cada comprimido revestido contém:

Topiramato ___________________________________ 100 mg
Excipientes ______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, amido, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio, hipromelose e macrogol).

Armazenamento

Onde como e por quanto tempo posso guardar?

Égide deve ser armazenado à temperatura ambiente, entre 15°C e 30°C, e protegido da luz e umidade.

Farmacocinética

Como funciona?

Égide é um medicamento que tem na sua composição Topiramato, um composto anticonvulsivante que apresenta múltiplos mecanismos de ação e que é eficaz no tratamento da epilepsia e que pode ser usado como tratamento preventivo da enxaqueca.

O topiramato influencia vários processos químicos no cérebro, e sabe-se que este reduz a excitação excessiva das células nervosas, que podem causar as crises epilépticas e as crises de enxaqueca.

Interações Medicamentosas

Égide não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica, como bebidas alcoólicas, depressores do sistema nervoso central como anti-histamínicos, remédios contra insônia, antidepressivos, calmantes, narcóticos, barbitúricos ou analgésicos, digoxina, anticoncepcionais orais, metformina ou quaisquer outros fármacos antiepilépticos, como fenitoína, carbamazepina, ácido valproico, fenobarbital, primidona, outros medicamentos antiepilépticos como fenitoína, carbamazepina, ácido valproico, fenobarbital e primidona.

Laboratório

Libbs farmacêutica Ltda.

Sac: 08000-135044

O genérico de Égide é o Topiramato e outros remédios para o tratamento da epilepsia podem ser Fenitoína, Diazepam ou Fenobarbital.

Dizeres Legais:

Ms: 1.0033.0158.​
Farm. Resp.: Cintia Delphino de Andrade

< Efurix creme < Égide > Elamax >
publicidade