Dexmine

publicidade

Indicação

Para que serve?

O Dexmine é indicado no tratamento adjuvante das afecções alérgicas do aparelho respiratório, como asma brônquica grave e rinite alérgica, afecções alérgicas cutâneas tais como dermatite atópica, dermatite de contato, reações medicamentosas e doenças do soro, e nas afecções alérgicas inflamatórias oculares, como ceratite, irite não-granulomatosa,
coriorretinite, iridociclite, coroidite, conjuntivite e uveíte.

Posologia

Como usar?

A dosagem deve ser individualizada e ajustada de acordo com a condição sob tratamento e a resposta obtida. Quando os sintomas de alergia respiratória estiverem adequadamente controlados, uma retirada lenta da associação e um tratamento isolado com um anti-histamínico devem ser considerados.

  • Adultos:

A dose inicial recomendada para adultos e crianças maiores de 12 anos é de 1 a 2 comprimidos ou duas colheres de chá do xarope, 3 a 4 vezes por dia, após as refeições e ao deitar.

A dose não deve exceder os 8 comprimidos ou 8 colheres de chá do xarope por dia.

Em crianças de menor idade, a dose deve ser ajustada de acordo com a gravidade da doença e o peso corporal.

  • Crianças de 6 a 12 anos:

A dose recomendada é de meio comprimido ou meia colher de chá do xarope, 3 vezes por dia.

Se for necessária uma dose adicional, deve ser administrada preferencialmente ao deitar.

A dosagem não deve exceder a 4 comprimidos ou 4 colheres de chá do xarope por dia.

  • Crianças de 2 a 6 anos:

A dose inicial do xarope é de ¼ a meia colher de chá, 3 vezes por dia, com o ajuste da dose de acordo com a resposta da criança.

A dose diária não deve exceder 2 colheres de chá.

Com a melhora clínica, a dose deve ser reduzida gradualmente ao nível mínimo de manutenção e descontinuada quando possível.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Em alguns casos, o Dexmine pode produzir algumas reações desagradáveis transitórias na maioria das vezes.

O médico deve ser informado caso surjam reações desagradáveis, tais como:

Distúrbios gastrintestinais, dermatológicos, neurológicos, metabólicos, psiquiátricos ou ainda efeitos adversos gerais como: urticária, exantema cutâneo, transpiração excessiva, calafrios, secura na boca e garganta.

Contraindicações

Quando não devo usar?

O Dexmine está contraindicado em pessoas com infecção sistêmica por fungos, em prematuros e recém-nascidos, em pessoas que estejam a fazer terapia com inibidores da monoaminoxidase e nos que demonstrarem hipersensibilidade a qualquer dos componentes de sua fórmula ou a fármacos de estrutura química similar.

Além disso, este medicamento também não deve ser usado durante a gravidez e amamentação.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Betametasona:

Podem ser necessários ajustes posológicos de acordo com a resposta individual ao tratamento ou exposição da pessoa a infecção, cirurgia ou traumatismo.

Insuficiência adrenocortical secundária pode surgir com a retirada muito rápida do corticosteroide e o risco pode ser minimizado com a redução gradual da dose.

Os efeitos dos corticosteroides são aumentados em pessoas com hipotireoidismo ou com cirrose. Além disso, devem ser utilizados com cautela em pessoas com herpes simples ocular, colite ulcerativa não específica se houver probabilidade de perfuração iminente, abscesso ou outra infecção ao piogênica, diverticulite, anastomose intestinal recente, insuficiência renal, hipertensão arterial, osteoporose e miastenia gravis.

Outros processos de imunização não devem ser realizados em pessoas que estejam a receber corticosteroides, especialmente em altas doses.

O crescimento e desenvolvimento de crianças de baixa idade, sob terapia prolongada com corticosteroide, devem ser monitorados com cuidado, uma vez que administração de corticosteroides pode interferir na taxa de crescimento normal e suprimir a produção endógena de corticosteroides nesses pacientes.

A corticoterapia pode alterar a mobilidade e o número de espermatozoides.

Maleato de dexclorfeniramina:

Deve ser usado com cautela em pessoas com glaucoma de ângulo estreito, úlcera péptica estenosante, obstrução piloro-duodenal, hipertrofia prostática ou obstrução do colo vesical, doenças cardiovasculares, incluindo entre os quais hipertensão, nos pacientes com pressão intra-ocular elevada ou hipertireoidismo.

Existe ainda o risco de dirigir veículos ou operar máquinas, uma vez que pode ocorrer sonolência, devido à presença do anti-histamínico.

A segurança e eficácia do produto ainda não estão estabelecidas em crianças abaixo de 2 anos.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Dexmine reúne o efeito anti-inflamatório e antialérgico da betametasona e a ação anti-histamínica do maleato de dexclorfeniramina.

O uso combinado da betametasona e maleato de dexclorfeniramina permite a utilização de doses menores de corticosteroides, com resultados semelhantes aos obtidos com doses mais altas de corticoide isoladamente.

O maleato de dexclorfeniramina, permite efeito anti-histamínico por aproximadamente 12 horas.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdose, pode ocorrer secura da boca, pupilas dilatadas e fixas, febre, rubor facial e sintomas gastrintestinais podem ocorrer.

Na criança, a estimulação ocorre de forma dominante, podendo, também, provocar alucinações, incoordenação e convulsões tônico-clônicas.

Composição

Xarope

Cada 5 mL de Dexmine contém:

Betametasona ______________________________0,25 mg

Maleato de dexclorfeniramina___________________2,00 mg

Veículo_________________________________qsp 5,00 mL

(Veículo: Ácido cítrico, aroma, benzoato de sódio, ciclamato de sódio, corante vermelho ponceau, carmelose, propilenoglicol, sacarina sódica e água deionizada).

Comprimido

Cada comprimido de Dexmine contém:

Betametasona_______________________________0,25 mg

Maleato de dexclorfeniramina __________________2,00 mg

Excipientes_________________________qsp 1 comprimido

(Excipientes: amido de milho, lactose, corante vermelho eritrosina, povidona, estearato de magnésio e água deionizada).

Laboratório

Cimed Ind. de Medicamentos Ltda.

SAC: 0800 704 46 47

Dizeres Legais

MS 1.4381.0082 – Farm. Resp.: Charles Ricardo Mafra - CRF-MG Nº 10.883

SAC:0800 7044647

publicidade