Como tomar antibiótico sem ter diarreia



Quando se está fazendo tratamento com um antibiótico, para tratar uma amigdalite, sinusite ou infecção urinária, por exemplo, é muito comum o surgimento de diarreia e outros sintomas gastrointestinais, como cólicas, dor de estômago e até excesso de gases.

Embora esses efeitos colaterais estejam sendo provocados pelo medicamento, não se deve interromper o tratamento, uma vez que é importante eliminar completamente as bactérias, de forma a evitar que algumas sobrevivam e se tornem mais resistentes, sendo mais difíceis de eliminar.

Assim, para tentar diminuir as chances de ter diarreia, e continuar tomando o antibiótico, existem alguns cuidados na hora de tomar antibiótico, como:

  • Pedir ao médico para receitar um probiótico: este tipo de suplemento permite manter as bactérias do intestino saudáveis e, por isso, o intestino continua a funcionar corretamente, diminuindo as chances de diarreia;
  • Comer 1 a 2 iogurtes, com lacto bacillus ou bifidus ativos, por dia: são um tipo de probióticos naturais que também ajudam a regular o funcionamento do intestino;
  • Evitar comidas gordurosas ou muito condimentadas: geralmente estimulam o funcionamento do intestino, podendo facilitar o surgimento de diarreia, devido ao aumento dos movimentos das paredes do intestino;
  • Não consumir bebidas alcoólicas: além de diminuir o efeito do antibiótico, o álcool também irrita as paredes do intestino, podendo causar diarreia.

Além disso, também é importante tomar os antibióticos com comida, para diminuir as chances de irritação do estômago. No entanto, existem alguns tipos de antibiótico que têm melhor efeito se forem tomados com o estômago vazio, como Ampicilina ou Sulfadiazina. Dessa forma, deve-se consultar a bula do medicamento antes de tomar ou questionar o médico.

Porque os antibióticos causam diarreia

Os antibióticos têm a função de eliminar as bactérias da infecção, permitindo que o corpo se recupere mais depressa. No entanto, este tipo de medicamento não atua apenas no local afetado, eliminando bactérias de vários locais do corpo. Um dos locais afetados é o intestino, que possui um grupo de bactérias que o ajudam a manter-se saudável e funcionar corretamente.

Quando essas bactérias são eliminados pelo efeito do antibiótico, o intestino fica mais irritado e suas paredes começam a se movimentar mais rapidamente, diminuindo o tempo que o corpo tem para absorver a água das fezes e provocando o surgimento de diarreia.

O que fazer se surgir diarreia

No caso de surgir diarreia deve-se ingerir uma maior quantidade de água durante o tratamento, para manter o corpo bem hidratado e facilitar a recuperação. Outra opção é beber suco de fruta, água de coco ou comer sopa, pois contêm mais minerais que ajudam a manter a água no corpo.

Além disso, deve-se manter o consumo de iogurtes e adicionar frutas como banana ou goiaba à alimentação, para ajudar a prender o intestino. Um tratamento natural que também pode ajudar a regular o intestino é o consumo de Benefiber.

publicidade