Carbamazepina

publicidade

Indicação

Para que serve?

Carbamazepina é indicada para o tratamento de crises convulsivas, doenças neurológicas como a neuralgia do trigêmeo e para o tratamento do humor bipolar e da depressão, em adultos e crianças.

Posologia

Como usar?

Os comprimidos de Carbamazepina podem ser engolidos inteiros ou partidos ao meio, e devem ser tomados juntamente com um copo de água.

Tratamento da Epilepsia

  • Adultos: inicialmente a dose recomendada varia de 100 a 200 mg, equivalente a meio ou 1 comprimido de Carbamazepina 200 mg, administrada 2 a 3 vezes por dia.

Ao longo do tratamento a dose pode ser gradualmente aumentada até aos 800 a 1200 mg, 2 ou 3 comprimidos de Carbamazepina 400 mg ou 4 a 6 comprimidos de Carbamazepina 200 mg, 2 a 3 vezes por dia.

  • Crianças: inicialmente a dose recomendada varia de 100 a 200 mg, equivalente a meio ou 1 comprimido de Carbamazepina 200 mg, por dia.

Ao longo do tratamento a dose pode gradualmente ser aumentada até aos 400 a 600 mg, 1 comprimido a 1 comprimido e meio de Carbamazepina 400 mg ou 2 a 3 comprimidos de Carbamazepina 200 mg, por dia.

  • Adolescentes: inicial a dose recomendada varia de 100 a 200 mg, podendo esta ser gradualmente aumentada até aos 600 a 1000 mg, equivalente a 1 comprimido e meio a 2 comprimidos e meio de Carbamazepina 400 mg ou 3 a 5 comprimidos de Carbamazepina 200 mg, por dia.

Tratamento da Neuralgia Trigeminal

A dose inicial recomendada varia de 200 a 400 mg, equivalente meio comprimido a 1 comprimido de Carbamazepina 400 mg ou 1 a 2 comprimidos de Carbamazepina 200 mg, por dia. Caso seja necessário, esta dose pode ser gradualmente aumentada até aos 1200 mg por dia.

Tratamento da Mania Aguda e Distúrbios Afetivos Bipolares

Geralmente, a dose recomendada varia de 400 a 600 mg, equivalente a meio comprimido a 1 comprimido de Carbamazepina 400 mg ou 1 a 2 comprimidos de Carbamazepina 200 mg, por dia. Caso seja necessário, esta dose pode ser gradualmente aumentada até aos 1600 mg por dia.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Alguns dos efeitos colaterais de Carbamazepina podem incluir dificuldades de coordenação dos movimentos, inflamação e vermelhidão na pele, inchaço no tornozelo, nos pés ou na perna, alterações de comportamento, confusão, fraqueza extrema, aumento do número de convulsões, tremores, movimentos incontroláveis do corpo, espasmos nos músculos, vômito, náusea, tontura, sonolência, ganho de peso, dor de cabeça e secura na boca.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Carbamazepina está contraindicada para pacientes com doenças no coração ou doença séria no sangue ou com distúrbios na produção de porfirina, pacientes em tratamento com medicamentos antidepressivos denominados inibidores da monoaminoxidase - IMAOs e para pacientes com alergia à Carbamazepina ou a algum dos componentes da fórmula.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Carbamazepina é um medicamento que pertence ao grupo de medicamentos antiepilépticos, ou medicamentos para tratar crises convulsivas.

Na epilepsia, as crises ocorrem quando as mensagens que partem do cérebro em direção aos músculos não são adequadamente transmitidas pelo sistema nervoso do organismo. A Carbamazepina é responsável por auxiliar no controlo da transmissão de mensagens do cérebro até aos músculos, regulando assim as funções do sistema nervoso, o que ajuda no controle deste tipo de doenças.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Antes de usar Carbamazepina, deverá falar com o seu médico se estiver grávida ou amamentando, tiver origem Chinesa han ou Tailandesa, tiver problemas no sangue, historial de alergias à oxcarbazepina ou a outros medicamentos, tiver doenças no coração, fígado ou rins, pressão aumentada no olho, dificuldade em reter a urina ou doença mental, estiver em tratamento com hormônio contraceptivo, tiver sintomas de hepatite como icterícia ou se estiver a tomar outros medicamentos, incluindo medicamentos sem receita médica.

Durante o tratamento com Carbamazepina deve tomar especial cuidado ao dirigir veículos ou máquinas, pois este medicamento pode causar fraqueza, tontura ou sonolência,

O tratamento com Carbamazepina​ nunca deve ser interrompido sem conhecimento do seu médico e os horários, as doses e duração do tratamento devem ser rigorosamente respeitados.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de toma excessiva de Carbamazepina​, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento. Alguns dos efeitos mais comuns que pode sentir após a toma excessiva de Carbamazepina podem incluir dificuldade em respirar, batimentos cardíacos acelerados e irregulares, desmaio, tremores, perda da consciência, mal-estar geral ou náusea.

Composição

Carbamazepina 200 mg por cada comprimido de contém:

Carbamazepina _______________________________ 200 mg

Excipiente _______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: estearato de magnésio, croscarmelose sódica, dióxido de silício, celulose microcristalina, crospovidona, povidona, laurilsulfato de sódio e água de osmose reversa).

Carbamazepina 400 mg por cada comprimido de contém:

Carbamazepina _______________________________ 400 mg

Excipiente _______________________________ 1 comprimido

(Excipientes: estearato de magnésio, croscarmelose sódica, dióxido de silício, celulose microcristalina, crospovidona, povidona, laurilsulfato de sódio e água de osmose reversa).

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar este medicamento?

Caso se esqueça de tomar uma dose de Carbamazepina, deve tomar a dose esquecida logo que se lembre, porém, se já se encontrar muito próximo do horário da dose seguinte, deve ignorar a dose esquecida, e tomar apenas a dose do horário seguinte.

Carbamazepina dá sono?

Sim, a Carbamazepina pode dar sono pois esse é um dos seus principais efeitos colaterais, não sendo por isso recomendado dirigir veículos ou máquinas durante o tratamento.

Carbamazepina engorda?

Não, geralmente a Carbamazepina não engorda, podendo mesmo em alguns casos causar náuseas ou perda de apetite que podem levar à perda de peso.

Laboratório

Teuto Brasileiro

 - SAC: 0800 621 800

A Carbamazepina também pode ser conhecida comercialmente como Tegretard ou Tegrex e outros remédios com efeito semelhante podem ser Clonazepam, Gabaneurin ou Fenitoína.

Dizeres Legais:

Ms: 1.0370.0472​
Farm. Resp.: Andreia Cavalcante Silva

< Captopril < Carbamazepina > Carbocisteína >
publicidade