Bavencio

Atualizado em: Junho 2018


publicidade

Indicação

Para que serve?

O Bavencio é indicado como monoterapia para o tratamento de adultos com carcinoma de células de Merkel metastático.

Posologia

Como usar?

O tratamento deve ser iniciado e supervisionado por um médico com experiência no tratamento de câncer.

A dose recomendada de Bavencio é de 10 mg/kg de peso corporal, administrada na veia durante 60 minutos, em intervalos de 2 semanas.

Bavencio é apenas para perfusão intravenosa. Não pode ser administrado por injeção intravenosa rápida ou bólus.

A duração do tratamento e alterações na dose devem ser determinadas pelo médico.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso deste medicamento são anemia, linfopenia, hipotireodismo, diminuição do apetite, dor de cabeça, tonturas, neuropatia periférica, hipertensão, hipotensão, tosse, falta de ar, náuseas, diarreia, obstipação, vómitos, dor abdominal.

Além disso, pode também ocorrer reações na pele como coceira, erupção cutânea maculopapular, pele seca, dor de costas, dor muscular, cansaço, inchaço generalizado, febre, cansaço, arrepios, diminuição de peso e reações relacionadas com o local de injeção.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este remédio não deve ser usado em pessoas com hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes.

Este medicamento não deve ser usado m mulheres grávidas ou lactantes sem autorização médica.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Foram notificadas reações relacionadas com a perfusão em doentes em tratamento com avelumab, que podem ser graves.

No caso de suspeita de reações adversas imunomediadas, deve efetuar-se uma avaliação para confirmar a etiologia ou excluir outras causas. Com base na gravidade da reação adversa, o avelumab deve ser suspenso e devem ser administrados corticosteroides.

Os doentes devem ser monitorizados para deteção de sinais e sintomas de pneumonite imunomediada, hepatite imunomediada, colite imunomediada, endocrinopatias imunomediadas, perturbações da tireóide, diabetes, nefrite e disfunção renal imunomediadas.

O avelumab deve ser suspenso no caso de insuficiência suprarrenal sintomática de Grau 3 ou Grau 4.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

O avelumab é um anticorpo monoclonal imunoglobulina G1 humano, dirigido contra o ligando 1 de morte celular programada.

O avelumab liga-se a esse ligando e bloqueia a interação entre este e os recetores de morte celular programada 1 e B7.1, o que remove os efeitos supressores deste sobre as células T CD8+ citotóxicas, restabelecendo as respostas antitumorais das células T.

Também se demonstrou que o avelumab induz a lise direta das células tumorais mediada pelas células natural killer, através de citotoxicidade mediada por células dependente de anticorpos.

Composição

Cada mL de concentrado contém:

Avelumab______________________________________20 mg

Excipientes_________________________________q.s.p. 1 mL

(Excipientes: Manitol, Ácido acético glacial, Polissorbato 20, Hidróxido de sódio, Água para preparações injetáveis.)

Laboratório

.

< Basaglar < Bavencio > Beclosol spray nasal >
publicidade