Alginac

publicidade

Indicação

Para que serve?

O Alginac é indicado para lombalgias, cervicalgias, braquialgias, radiculite, neuropatias periféricas de etiopatogenia diversa, neuralgias faciais, neuralgia do trigêmeo, neuralgia intercostal, neuralgia herpética, síndrome do conduto do carpo, fibromialgia, espondilite.

Posologia

Como usar?

Alginac 1000

A dose usual é de 1 comprimido, 2 a 3 vezes ao dia, inteiro e com algum líquido, de preferência após as refeições. A duração do tratamento é determinada pelo médico de acordo com suas necessidades de resposta e tolerância.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Alginac 5000 Solução Injetável

A dose usual é de uma injeção por dia.

O Alginac injetável não deve ser usado por mais de dois dias. Quando for necessário o uso por um período maior, deve-se continuar o tratamento com Alginac comprimidos.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Caso ocorra reação alérgica, deve-se parar de tomar o medicamento.

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso deste medicamento são pressão baixa, retenção de líquidos, desorientação, insônia, irritações psicóticas, sensação de formigamento, alterações da sensibilidade e da memória, alterações visuais, zumbido, ulceração, perfuração e sangramento gastrointestinal, alterações do paladar, presença de sangue e proteínas na urina e insuficiência renal.

Além disso, ainda com menos frequência pode ocorrer redução no número de células ou plaquetas sanguíneas anemia hemolítica, doenças inflamatórias do intestino, inflamação das gengivas e da mucosa oral, lesões do esôfago, inflamação da língua, prisão de ventre, reações bolhosas da pele potencialmente grave com risco de vida, certos tipos de erupções cutâneas, alopecia, reações de fotossensibilidade e descolorações vermelhas na pele causadas por sangramentos.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este medicamento não deve ser tomado nas seguintes situações:

  • Histórico de broncoespasmo, asma, rinite ou urticária, após ter feito uso de outros AINEs;
  • Úlcera no estômago ou intestino ou sangramento no trato digestivo ou histórico de úlcera péptica ou de sangramento;
  • Sangramento cerebrovascular agudo ou outros sangramentos graves;
  • Insuficiência renal grave;
  • Insuficiência hepática grave;
  • Insuficiência cardíaca grave;
  • Alergia a qualquer um dos princípios ativos ou excipientes da fórmula.

Além disso, também não deve ser usado em mulheres grávidas e a amamentar e em crianças abaixo de 12 anos de idade, devido ao alto teor de diclofenaco.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

É recomendável cuidado especial caso o Alginac seja utilizado conjuntamente com outros medicamentos que aumentam o risco de ulceração ou sangramento.

Em pessoas desidratadas, o diclofenaco aumenta o risco de toxicidade renal. Assim, a desidratação deve ser evitada e deve-se ter especial cautela em pessoas com insuficiência renal leve ou moderada.

Recomenda-se também cautela quando o Alginac é administrado em pacientes com insuficiência hepática leve ou moderada.

Como Alginac 1000 contém lactose, seu emprego não é recomendado em pacientes com doenças hereditárias raras de intolerância à galactose, deficiência de lactase de Lapp ou má-absorção de glicose-galactose.

É recomendado cautela quando do uso em pacientes idosos, debilitados ou naqueles com baixo peso corporal, sendo particularmente recomendável a utilização da menor posologia eficaz.

Mecanismo de Ação

Como funciona?

Alginac é uma combinação do anti-inflamatório diclofenaco sódico com as vitaminas B1, B6 e B12, possuindo ação analgésica, antineuritica e anti-inflamatória.

A ação do Alginac 1.000 inicia em cerca de 30 minutos após a administração e atinge seu pico máximo de ação dentro de 1 a 2 horas.

O Alginac 5.000 injetável começa a atuar vinte minutos após a aplicação de 75 mg e tem seu pico de ação máxima de 1 a 2 horas. A ação do medicamento é diretamente proporcionais à sua dose.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Os sintomas de uma dose excessiva de diclofenaco podem incluir pressão baixa, insuficiência renal, convulsões, irritação gastrointestinal ou insuficiência respiratória.

Os sintomas de dose excessiva de vitamina B6 melhoram gradualmente com a suspensão do uso da vitamina. Em caso de dose excessiva aguda com diclofenaco, medidas de suporte e sintomáticas são recomendadas.

Composição

Alginac 1000

Cada comprimido revestido contém:

Vitamina B12 (cianocobalamina) ______________1.000 mcg

Vitamina B6 (cloridrato de piridoxina) ______________50 mg

Vitamina B1 (nitrato de tiamina) __________________50 mg

Diclofenaco sódico ____________________________50 mg

Excipientes________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: talco, estearato de magnésio, lactose, celulose microcristalina, carmelose sódica, dióxido de silício coloidal, Eudragit RL 30D, macrogol, dióxido de titânio, simeticona, trietilcitrato, metilparabeno, propilparabeno, povidona, corante vermelho FDC nº 6).

Alginac 5000 Solução Injetável

Cada ampola I (2 ml) contém:

Vitamina B6 (Cloridrato de piridoxina) _____________100 mg

Vitamina B1 (Cloridrato de tiamina) ______________100 mg

Excipientes_______________________________q.s.p. 2 ml

(Excipientes: cloridrato de lidocaína, álcool benzílico, propilenoglicol, hidróxido de sódio, água para injeção).

Cada ampola II (1 ml) contém:

Vitamina B12 (Cianocobalamina) ______________5.000 mcg

Diclofenaco sódico ____________________________75 mg

Excipientes_______________________________q.s.p. 1 ml

(Excipientes: álcool benzílico, propilenoglicol, ácido clorídrico, água para injeção).

Laboratório

Merck S.A.

SAC: 0800 7277293

Dizeres Legais

M.S. 1.0089.0271 | Farmacêutico Responsável: Geraldo César Monteiro de Castro - CRF-RJ nº 14021

< Algina < Alginac > Alginac 1000 >
publicidade